autores: Luís Peça, Fernando Alves, Susana Ferreira
Sábado, 15 de Novembro de 2008
Delft Blue e Vermeer

Continuo a apresentar a viagem que eu e as professoras Paula Cardoso e Conceição Trindade fizemos à Holanda no âmbito do nossoProjecto Comenius chamado "Responsible Citizenship".

 

No dia 11 de Novembro, terça-feira, fomos conhecer Delft. 

 

Delft Blue é um nome que está ligado à porcelana tradicional de Delft, chamada "Real Porcelana de Delft".

Fomos visitar a fábrica.

 

 

 Os azulejos são fantásticos e mundialmente conhecidos.

 

 

A fábrica tem um museu onde também estão artistas a trabalhar ao vivo.

 

 

Este painel de azulejos reproduz o mais famoso quadro de Rembrandt, a "Ronda Nocturna".

Vejam a professora Paula e imaginem o tamanho do painel.

 

 

Pudemos visitar a fábrica.

 

 

Ver os fornos.

 

 

Os operários. Ou melhor, os artistas.

 

 

E no fim fomos à loja da fábrica. O número ao pé do pote é mesmo o preço. E é mesmo em Euros.

 

 

De seguida um passeio a pé. A chuva constante da Holanda parou um pouco e pudemos desfrutar.

 

Aqui vemos uma casa holandesa antiga.

 

 

E aqui a bonita entrada de uma casa actual.

 

 

Fomos passeando pelos canais. Nesta vista, ao fundo vemos a Igreja Antiga de Delft onde são sepultados os membros da família real holandesa.

O pintor Vermeer também lá está.

 

 

Já era hora de almoço e os professores holandeses ofereceram-nos um típico almoço neste café.

 

 

Já tinha aqui escrito anteriormente que os almoços na Holanda se resumem a sandes.

Mas podem ser bem sofisticadas.

 

 

Desta vez foram acompanhadas com cerveja artesanal, de Delft.

 

 

Continuando a passear por Delft, passámos por uma casa antiga de uma família de mercadores endinheirados.

 

 

Sempre com a cidade cheia de bicicletas. Achei piada a esta.

Quem chegou nela foi uma mãe e um filho com uns 10 anos. Iam à livraria.

 

 

 

Depois pudemos visitar o Vermeer Centrum Delft

 

 

Johannes Vermeer é um dos mais famosos pintores holandeses que nasceu, viveu e morreu em Delft.

É incrível como a luz nos seus quadros estava tão próxima daquela que podemos apreciar na fotografia moderna, tendo ele pintado no Sec. XVII.

Um dos quadros mais apreciados dele é "A Rapariga com Brinco de Pérola", de 1665.

  

Foto retirada da Wikipédia

 

No  Vermeer Centrum Delft  pudemos fazer uma brincadeira com o quadro "Senhora Escrevendo Uma Carta Com a Sua Criada".

Reconhecem alguém na foto da esquerda?

 

 

Já anoitecia mas ainda visitamos a praça principal de Delft, logo ali ao lado.

Aqui vemos a nova Igreja de Delft.

 

 

Algumas casas com lojas.

 

 

E claro, como em qualquer lugar de interesse turístico, lojas de souvenirs.

Ao fundo vemos a Câmara Municipal.

 

 

E de Delft é tudo. Este fim-de-semana farei um último post sobre esta viagem.

No dia seguinte, 13 de Novembro, voltámos à escola holandesa e visitámos Haia, a cidade do Parlamento Holandês e do Tribunal Internacional de Justiça.

 



publicado por Luís Peça às 00:39
link do post | comentar | favorito

tags

todas as tags

posts recentes

Suspensão do blog

Projecto Educação para o ...

Teatro José Lúcio acolhe ...

Diário de Bordo - Viagem ...

Relato de uma viagem à Gr...

Torneio de Basquetebol en...

Alunos do 8.º ano elabora...

Clube do Tobias dá vida a...

Teatro de Animação: do ob...

O Auto da Barca do Infern...

arquivos

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

links
pesquisar
 
subscrever feeds