autores: Luís Peça, Fernando Alves, Susana Ferreira
Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009
Art’Online: A Louca da Casa de Rosa Montero

 Art’Online é da responsabilidade de alunos do 10º.D, em colaboração com a revista do CDLPC, sob a coordenação da Directora de Turma Elisa Nazário.



A Louca da Casa, Rosa Montero. Edições Asa.

 

A arte permite-nos ter um sítio onde tudo é possível e ter acesso a outra realidade que não a nossa e que enriquece o nosso mundo, graças à diversidade de perspectivas que oferece. [Ao contrário do que muitos pensam, não é quando estamos a morrer que recuperamos a lucidez; mas é quando renunciamos à imaginação que morremos.]
As regras que nos integram socialmente vêm impregnadas de “preconceitos [que] nos aprisionam, nos diminuem, nos idiotizam; e quando esses preconceitos coincidem, como costuma acontecer, com a convicção maioritária, transformam-nos em cúmplices do abuso e da injustiça”. A arte permite-nos estar “sempre alerta contra os lugares-comuns, contra o preconceito pessoal, contra todas essas ideias herdadas e não aferidas que se metem insidiosamente na cabeça, venenosas como o cianeto, inertes como o chumbo, más ideias, péssimas, que induzem à preguiça intelectual”, libertando-nos da indiferença e da ignorância: “Para mim, a fome de conhecimento tem muito a ver com o amor à vida e aos seres vivos”.
Um pensamento independente é um lugar solitário e ventoso”, mas vale a pena quando traz novas formas de nos pensarmos, pois “é a palavra que faz de nós humanos”. Afirma Rosa Montero: “Sempre me angustiaram as histórias que beiram o silêncio absoluto, que é o silêncio da incomunicação, de uma incompreensão total que desfaz a convenção salvadora da palavra”.
Deixar de escrever pode ser a loucura, o caos, o sofrimento; mas deixar de ler é a morte instantânea. Um mundo sem livros é um mundo sem atmosfera, como Marte. Um lugar impossível, inabitável. De forma que, muito antes da escrita está a leitura, e os romancistas não são mais do que leitores destemperados e descomedidos devido à nossa fome ansiosa de palavras.”
 
Esperamos que gostem deste livro. É uma viagem deliciosa pela arte, pela literatura, pela palavra, assente na imaginação e na condição humana.
 
Post da equipa do Art’ Online

 



publicado por Luís Peça às 13:24
link do post | comentar | favorito

tags

todas as tags

posts recentes

Suspensão do blog

Projecto Educação para o ...

Teatro José Lúcio acolhe ...

Diário de Bordo - Viagem ...

Relato de uma viagem à Gr...

Torneio de Basquetebol en...

Alunos do 8.º ano elabora...

Clube do Tobias dá vida a...

Teatro de Animação: do ob...

O Auto da Barca do Infern...

arquivos

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

links
pesquisar
 
subscrever feeds