autores: Luís Peça, Fernando Alves, Susana Ferreira

Quinta-feira, 14 de Maio de 2009
Academia Europeia na Madeira - dia 4

8 de Maio de 2009

 

Este é o último post do intercâmbio com a Madeira que se realizou de 4 a 8 de Maio de 2009.

 

É longo, com muitas fotos e um filme.

 

De manhã iniciámos a viagem de Santana para o Funchal pela estrada antiga, sem túneis e viadutos. Tempo previsto de viagem: duas horas e meia. Pela estrada actual demoramos meia hora.

 

A vantagem é que assim disfrutamos das paisagens.

 

 

A meio caminho parámos para caminhar na Levada dos Balcões. É uma das mais curtas e fáceis da Madeira mas nem por isso menos bonita.

 

 

As Levadas são canais usados para levar a água que é recolhida em altitude até às zonas habitadas. Ao lado de cada uma há caminhos que podem ser percorridos a pé, permitindo o acesso a vistas deslumbrantes e a vegetação luxuriante.

 

 

 

 

Chegámos aos Balcões, uma varanda na montanha.

 

 

 

Os pássaros (aqui é um tentilhão) já estão habituados aos turistas e vêm mesmo perto de nós na tentativa de receberem alguma comida. Acho que preferem migalhas de bolacha.

 

 

Chegámos ao Funchal por uma zona alta, na encosta, chamada Monte. A Sintra da Madeira, segundo os madeirenses.

 

 

É daqui que partem os famosos Carros de Cesto. Não andámos. Não havia tempo.

 

 

Fomos sim ao belíssimo Jardim Tropical Monte Palace da Fundação Berardo.

 

 

No interior do jardim há um museu de escultura africana e outro de minerais do Brasil.

 

 

Nas veredas também há arte exposta.

 

 

E como numa das suas viagens Joe Berardo se apaixonou pelo Oriente, decidiu criar uma zona no jardim dedicada a estas paragens. Aqui podemos ver réplicas dos famosos guerreiros de terracota chineses.

 

 

 

É difícil descrever a beleza deste sítio.

 

 

Sentimo-nos aqui assim.

 

 

Chegávamos finalmente à zona da casa da quinta. Esta quinta do Monte estava ao abandono e foi adquirida por Joe Berardo para fazer este jardim. Segundo a nossa guia, ele habita esta casa, convivendo com os visitantes, sempre que está na Madeira.

 

 

 

 

Esta é a vista das traseiras da casa.

 

 

E esta é a vista da frente da casa. Lá em baixo temos o Funchal e o seu porto de barcos de cruzeiro.

 

 

Continuámos a visita. O jardim tem a maior colecção de sicas da Europa (como a que se vê na foto).

 

 

E um belo lago de carpas Koi. As folhas de cedro à esquerda, em baixo, servem para as meninas "peixas" desovarem.

 

 

Saímos do jardim. Mesmo ao lado podemos apanhar o teleférico para o centro da cidade. São cerca de 2 km a descer.

 

 

A vista sobre a bela cidade do Funchal é magnífica.

 

 

Esta cidade é bonita, luminosa.

 

 

Quem a visita passa obrigatoriamente pelo Mercado onde se pode comprar peixe, fruta e flores. Até parece igual a qualquer mercado. Só que o peixe, a fruta e as flores que aqui se vendem são exóticos, diferentes dos que estamos habituados no continente.

 

 

Depois passeámos na cidade. Deixo algumas fotos.

 

 

 

 

Esta é a Sé do Funchal, no centro da cidade.

 

 

Dirigíamo-nos a um jardim onde se comemorava o Dia da Europa. Nem de propósito, já que estávamos num intercâmbio proporcionado pela União Europeia.

 

 

O Governo Regional apresentou os cumprimentos aos professores de todos os países. Na foto podemos ver, à esquerda, Bernardino Ornelas, Presidente do Conselho Executivo da escola anfitriã (Escola B+S D. Manuel Ferreira Cabral) e Francisco Fernandes, Secretário Regional da Educação e Cultura da Madeira.

 

 

Ainda houve tempo para uma prova de Vinho da Madeira.

 

 

 

Depois foi o regresso a Santana. Dai a umas horas estaríamos no Aeroporto da Madeira para partir. Passámos por baixo dos pilares da ampliação da pista, uma obra impressionante.

 

 

Antes do jantar de despedida, os professores fizeram um karaoke (de piano, que é o melhor de todos) cantando uma canção significativa para o motivo da nossa estadia na Madeira.

O videoclip está aqui.

  

 

E pronto, assim foi.



publicado por Luís Peça às 22:19
link do post | comentar | favorito

Domingo, 10 de Maio de 2009
Academia Europeia na Madeira - dia 3

7 de Maio de 2009

 

O programa para este dia era uma volta à ilha.

 

Partimos de Santana em direcção a S. Jorge.

Todos nos deslumbrámos com esta paisagem.

 

 

Em S. Jorge visitámos primeiro o Museu da Vinha e do Vinho e depois o Roseiral, um jardim com mais de 1600 espécies de rosas diferentes.

 

 

 

Não podia aqui faltar uma fotografia de bananeiras, uma das culturas agrícolas mais importantes da Madeira.

 

 

A ilha é mesmo um jardim natural. Em baixo, uma berma de estrada comum na Madeira.

  

 

De S. Jorge continuámos para Oeste. As estradas antigas, antes das novas vias rápidas, com túneis e viadutos, eram escavadas na rocha e por isso muito estreitas e assustadoras. Lá em baixo é Ponta Delgada. A da Madeira, claro.

 

 

Houve curvas em que o condutor do autocarro teve de fazer manobras para passar. Agora imaginem quando nos cruzámos com outros carros: uff, muito difícil. Os condutores de autocarro madeirenses são verdadeiros malabaristas.

 

 

A vantagem destas estradas é que assim desfrutamos de vistas fantásticas.

 

 

As estradas antigas eram mesmo difíceis.

 

 

Chegámos a S. Vicente, uma bonita vila entre escarpas, onde foram feitas muitas das filmagens da novela "Flor do Mar", que passa na TVI.

 

 

Depois, rumo a Porto Moniz, onde estão as famosas piscinas naturais que aparecem sempre que se fala da Madeira. É a ponta Oeste da ilha.

 

 

Subimos então ao planalto da ilha. Do nível do mar para mais de 1500 metros de altitude. Pena que estivesse um dia nublado. Mas mesmo assim a geografia era deslumbrante.

 

 

Começámos então a descer a encosta Sul. De autocarro mas acima das nuvens.

 

 

Antes do moderno sistema de túneis havia já alguns antigos, "ao natural", simplesmente escavados na rocha.

 

 

Fomos então à Ribeira Brava, uma zona balnear.

 

 

Tem uma piscina aberta a todos, mesmo à beira-mar.

 

 

E quem quiser pode fazer praia. É uma praia diferente do que estamos habituados no continente. Na Madeira há apenas uma ou duas pequenas praias com areia branca trazida de Marrocos.

 

 

O último ponto da nossa volta foi o Cabo Girão.

 

 

Tem um miradouro para uma escarpa com 580 m de altura. Segundo os madeirenses, é a segunda maior da Europa.

Quando nos abeiramos da grade que protege o miradouro e olhamos para baixo quase ficamos sem respiração.

É deveras impressionante a altura enorme a que estamos em relação ao mar.

 

 

Depois foi o regresso, após um dia de curvas em autocarro. Mas estávamos todos bem-dispostos.

 

 

Para fechar o dia, a escola madeirense ofereceu um jantar aos alunos, pais e professores envolvidos no intercâmbio. No final a banda da escola tocou para nós.

 

 

No próximo e último post sobre a Madeira vamos "fazer uma Levada" e visitar o Funchal.



publicado por Luís Peça às 15:38
link do post | comentar | favorito

Olimpíadas de Química Júnior

No dia 18 de Abril decorreu a semifinal das Olimpíadas de Química Júnior, realizada no Departamento de Química da Universidade de Coimbra.

O Colégio Dr. Luís Pereira da Costa fez-se representar pelas alunas da equipa número 23: Susana Ferreira, Eliana Gomes e Maria Inês dos Santos.


                                     
E pelos alunos da equipa número 24: Joel Ferreira, Andreia Cunha e Nuno Carreira.                                                             

                    
A professora de Ciências Físico-Químicas, Elisabete Esteves, acompanhou os seus alunos nesta actividade. A boa disposição e algum nervosismo eram evidentes a esta hora da manhã.

                      
De seguida, os alunos realizaram uma prova teórica e uma prova prática de Química.
 

E divertiram-se!

                                     
Os objectivos das Olimpíadas de Química são: dinamizar o estudo e ensino da Química nas Escolas Básicas e Secundárias; proporcionar a aproximação entre as Escolas Básicas e Secundárias e as Universidades e Institutos Superiores; despertar o interesse pela Química, divulgar a Química como ciência e cativar vocações para carreiras científico-tecnológicas entre os estudantes.
                                 
Mas, estas actividades têm também o objectivo de promover o convívio e a boa disposição num dia que pretende ser diferente, educativo e divertido. Neste contexto, durante o almoço, que foi oferecido pela organização, alunos e professores confraternizaram de forma salutar.
                                  
Após o almoço e enquanto as provas eram corrigidas, chovia torrencialmente. Mas tal não interferiu com um tempo de espera bem aproveitado na visita ao Museu da Ciência, onde todos se divertiram nas diversas actividades interactivas que este espaço oferece.
 


No final, não conseguimos nenhum prémio mas valeu a pena ter participado num dia  bastante divertido!



publicado por Luís Peça às 12:02
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 7 de Maio de 2009
Academia Europeia na Madeira - dias 1 e 2

Segunda-feira, 4 de Maio de 2009

 

Chegámos na segunda-feira ao fim da tarde. Os alunos foram entregues àquelas que iriam ser as suas famílias madeirenses durante estes dias. Os professores foram jantar e dormir. O dia tinha sido longo.

 

 

Terça-feira, 5 de Maio de 2009

 

Começamos o dia com um passeio por Santana, um concelho do norte da Madeira. Vimos as casas típicas e a Câmara Municipal.

 

 

A Madeira é uma terra de flores. Aquelas que os "continentais" tanto se esforçam por cultivar nos seus jardins aqui crescem em qualquer lado.

 

 

A meio da manhã começamos a nossa visita à escola anfitriã: a Escola B+S D. Manuel Ferreira Cabral

 

 

Visitámos aulas.

 

 

Os espaços dos alunos.

 

 

E laboratórios.

 

 

Depois fomos almoçar. Era um piquenique muito madeirense.

 

 

Num local fantástico. O fumo vinha da fogueira que nos preparava o almoço.

 

 

Íamos comer a famosa espetada madeirense em pau de louro.

 

 

Esta fogueira é no meio da floresta mas num local completamente controlado, dentro de um telheiro de cimento construído para o efeito.

 

 

As espetadas estavam deliciosas.

 

 

Depois do almoço rumámos ao Funchal.

Um amigo disse-me que para percebermos como a Madeira é montanhosa podemos imaginar como ficará uma folha de papel A4 em cima de uma mesa depois de amarrotada. Ele estava certo. Assim parece a Madeira a sair do mar.

Para vencer as montanhas houve que fazer imensos túneis ("furados", chamam-lhes aqui) para nos podermos deslocar de automóvel em estrada plana e rápida.

 

 

 

O Funchal é uma cidade linda. Dirigiamo-nos ao Estádio dos Barreiros, onde joga o Marítimo.

 

 

Preparava-se a cerimónia de abertura do Desporto Escolar. Aqui as finais realizam-se todas na mesma semana e a festa inicial parece a abertura de uns Jogos Olímpicos.

 

O estádio tem uma vista fantástica sobre o Funchal (que tem 120 000 habitantes).

 

 

No início todas as escolas da Madeira desfilam.

 

 

Depois, cerca de 2000 alunos fazem coreografias no relvado.

 

 

E no fim uma surpresa para todos os estudantes: Ana Free ao vivo.

Tudo isto acabou tarde.

 

 

Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

 

Começámos dia com uma pequena caminhada. Pudemos ver os campos. A principal cultura aqui são as semilhas, nome que os madeirenses dão às batatas.

 

 

Fomos à "Rocha do Navio".

Para chegar lá a baixo é preciso ir de teleférico. É mesmo a pique, impressiona muito mas todos adoraram a experiência.

 

 

Lá em baixo há um pedaço de terra com uns 50 metros de largo, entre as escarpas altíssimas e o mar. Mas mesmo assim as pessoas ainda conseguiram fazer casas e ter terras de cultivo. A Madeira é tão escarpada que qualquer pedaço de terreno plano é aproveitado para a agricultura.

 

 

Nas escarpas podemos ver quedas de água espectaculares. O teleférico oferece uma vista lindíssima da água a cair.

 

 

À tarde estivemos novamente na escola de Santana, que nos recebe. Todos os países presentes (Portugal, com Leiria e Santana, Holanda, Grécia, Espanha, Polónia, Turquia e Grécia) fizeram a apresentação do trabalho que desenvolveram no Projecto Comenius até este momento.

 

 

A audiência era internacional, claro.

 

 

No final todos recebemos uma estrelícia e uma orquídea do jardim da escola.

 

 

À noite fomos ainda recebidos pelo Presidente da Câmara de Santana, que ofereceu um jantar aos professores de todos os países.

 

 

No próximo post vamos visitar toda a ilha.



publicado por Luís Peça às 01:41
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 4 de Maio de 2009
Academia Europeia em Santana, na Madeira

De hoje até sábado, uma delegação de três professores (Luís Peça, Paula Cardoso e Margarida Patrão) e seis alunos vai estar na  Madeira, em Santana, no âmbito do Projecto Comenius do Colégio.

 

A escola anfitriã é a Escola B+S D. Manuel Ferreira Cabral.

 

Nos próximos dias faremos aqui o relato fotográfico desta viagem.

 

Casas de Santana.

Foto da autoria de funtor retirada de http://www.panoramio.com/photo/8717583



publicado por Luís Peça às 09:33
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 17 de Março de 2009
Segunda Guerra no Mundo Kit



publicado por alves às 17:21
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 16 de Março de 2009
Rádio CDLPC

O Jorge Dias (à esquerda) é o responsável pela Rádio do Colégio. Como é um jovem dinâmico promoveu um concurso que consistiu numa pergunta semanal sobre a história do colégio.

 O vencedor do concurso foi o José Basso, aluno do 6.º C.



publicado por alves às 10:39
editado por Luís Peça às 11:25
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009
Academia Europeia na Turquia (III)

Post enviado de Bursa, na Turquia, pela professora Paula Cardoso.


Último dia em Bursa... amanhã, Sábado, regressamos... :(
Ficam aqui algumas fotos da escola turca e dos nossos alunos na apresentação do Projecto Comenius "Responsable citizenship".
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Hoje fomos  visitar uma fábrica de bombons feitos de castanhas... hum... que delícia!!!

 

 

 



publicado por Luís Peça às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009
Academia Europeia na Turquia (II)

Post enviado de Bursa, na Turquia, pela professora Paula Cardoso.


Continuando a nossa viagem pela Turquia foi tempo de conhecer Bursa e conviver com os professores das outras escolas. Os nossos alunos são os mais novinhos de todos. Todos os acham uns corajosos e lhes deram os parabéns pela adaptação...
Em Bursa o que mais nos encantou foi o mercado da fruta... os portugueses tem muito que aprender na apresentação.
Ah... e nas lojas ou restaurantes não há mulheres, nem nos mercados... são os homens que cozinham, que vendem e organizam tudo... e esta?

 

 

 

 

 

 



publicado por Luís Peça às 21:22
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009
Academia Europeia na Turquia

 Post enviado de Bursa, na Turquia, pela professora Paula Cardoso.


A nossa viagem começou com grande expectativa: íamos a um país que abarcava dois continentes, Europeu e Asiático.

 
Logo na chegada ao nosso hotel em Istambul deparámo-nos com uma simpatia que iria ser constante nos seguintes dias. Concluímos que devem ser dos povos mais simpáticos e prestáveis da Europa.
 
Aqui temos a rua do nosso hotel, em Sultanamet, ou seja, a parte mais antiga da cidade. E depois outra simpatia da Turquia: os gatos. Na rua não há cães, há gatos e todos muito bem cuidados e queridos para os turistas… J
 
 
 
 
  
Nas nossas refeições típicas não podia faltar o Kebab ou espetadas de carneiro e romãs ou marmelos… é verdade, são das frutas que eles mais apreciam para sobremesa… e não só: vejam a fotografia da cabine de sumos de fruta! Além de laranjas tem romãs para fazer sumo… muito bom mesmo!
 
 
 
 
 
 Os monumentos em Istambul são de uma grandiosidade indescritível como a Basílica de Santa Sofia e a Mesquita Azul:
 
 
 
 
Em Istambul visitámos ainda o Palácio do Sultão (onde o último viveu com as suas 4 mulheres oficiais e mais umas centenas concubinas… :S) De barco pelo mar Mármara pudemos observar as casas mais caras e os palácios mais ricos de Istambul oriental e ocidental… Passámos a ponte de Bósforo e pusemos pela 1ª vez o pé na Ásia… J Todos dissemos que o nosso Colégio já era mais internacional do que Europeu… eheh
 
 
 
 
 
 
E quem disse que Portugal tem boa fruta? Observem só isto…
 
 
 


publicado por Luís Peça às 23:48
editado por alves em 17/03/2009 às 17:15
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008
Festa de Natal (II)

No dia 18 de Dezembro apresentámos a nossa Festa de Natal, descrita num post anterior.

 



publicado por Luís Peça às 22:57
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008
Festa de Natal

No dia 18 de Dezembro de 2008, pelas 21h30, aqui no Colégio, vamos celebrar a união na nossa comunidade escolar.
Propomos um espectáculo feito de coisas simples: alguma luz, algum silêncio,barulho que baste e sorrisos de sobra.
BAOUM TCHIIIIK TCHIIIIK TAIEOU! é uma história sobre a necessidade de nos encontrarmos.Uma história que termina (ou recomeça) numa noite de Natal.


publicado por alves às 15:27
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008
6.º Ciclo de Cinema Francês

Ensemble, c'est tout de Claude Berri é um dos filmes do 6.º Ciclo de Cinema Francês, que acontece esta semana no colégio.

 

 



publicado por alves às 08:41
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008
Projecto de Jornalismo

No Projecto de Jornalismo já se «arregaçam mangas» e já «se põem mãos à obra». Há muito trabalho pela frente e a proximidade da publicação da revista de 1.º Período, leva- nos, em primeiro lugar, a fazer o levantamento das autorizações para as publicações de fotografias que, diga-se a propósito, apenas serão utilizadas nos meios de comunicação da Escola. A considerar pelo entusiasmo revelado pelos nossos jornalistas, avizinha-se um ano cheio de muita e actualizada informação.

Texto de Flobela Oliveira, coordenadora do Projecto de Jornalismo

 

 

 



publicado por Luís Peça às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008
O Colégio em Delft, Holanda

Eu e as professoras Paula Cardoso e Conceição Trindade vamos estar em Delft, na Holanda, a preparar a nossa participação no Projecto Comenius chamado "Responsible Citizenship".

 

Foto disponível no Stock.xchng 

 

Deixo aqui o longo programa da visita, tal como a escola anfitriã o enviou.

  

Comenius Project                                       

Programme 9-10-11-12 November 2008

 

Sunday 9 November

 

20.00 pm - Welcome meeting and short  introductions at  Hotel Coen

 

Monday 10 November

 

08.30 am - Pick up at Hotel Coen.

09.00 am - Reception at Lentiz Dalton MAVO.

12.00 am - Lunch at school.

13.30 pm - Visit ‘De Westlandse Druif’ Monster (www.westlandsedruif.nl).

14.30 pm - Coffee/Tea break

15.00 pm - Visit ‘Tomato World’ Honselersdijk (www.tomatoworld.nl)

16.00 pm - Back at Hotel

19.00 pm - Meeting at Hotel reception. Dinner at ‘de Kurk’ Delft

 

Tuesday 11 November

 

11.00 am - Cultural programme in Delft.

16.00 pm - Return to Hotel

19.00 pm - Meeting at Hotel reception. Dinner in Delft.

  

Wednesday 12 November

 

08.30 am - Pick up at Hotel

09.00 am - Meeting at Lentiz Dalton MAVO.    Final agreement

11.00 am - A tour throughout the school

12.30 am- Lunch at school

13.30 am - Saying goodbye and return to Hotel

 



publicado por Luís Peça às 16:01
link do post | comentar | favorito

costwatch

Neste dia de Novembro, com chuva e frio, realizou-se a actividade costwatch.

 



publicado por alves às 10:38
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008
responsible citizenship

 

Este é o nome do Projecto Comenius em que o Colégio vai participar, através da sua Academia Europeia, nos próximos dois anos lectivos.

 

Os nossos parceiros são:

 

Gimnazjum nr 37 z oddzialami Integracyjmymi  - Polónia

 

Escola Básica e Secundária Bispo D. Manuel Ferreira Cabral – Portugal (Madeira)

 

Private Emine Ornek Schools  - Turquia

 

Istituto D'Istruzione Superiore "Fantoni"  - Itália

 

1° EPAL Amaliadas - Grécia

 

Holland College Dalton mavo (Escola Coordenadora) - Holanda

 

I.E.S. JuaneloTurriano - Espanha

 

O Programa Comenius visa melhorar a qualidade e reforçar a dimensão europeia da educação ao nível de todos os intervenientes no ensino, desde a educação pré-escolar até ao final do ensino secundário, bem como dos estabelecimentos e organizações que fornecem esses níveis de ensino.

Desenvolver o conhecimento e sensibilizar os jovens e o pessoal educativo para a diversidade e o valor das culturas e das línguas europeias.

Ajudar os jovens a adquirir as aptidões e competências básicas de vida necessárias ao seu desenvolvimento pessoal, à futura vida profissional e a uma cidadania europeia activa.



publicado por Luís Peça às 19:44
link do post | comentar | favorito

tags

todas as tags

posts recentes

Academia Europeia na Made...

Academia Europeia na Made...

Olimpíadas de Química Jún...

Academia Europeia na Made...

Academia Europeia em Sant...

Segunda Guerra no Mundo K...

Rádio CDLPC

Academia Europeia na Turq...

Academia Europeia na Turq...

Academia Europeia na Turq...

arquivos

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

links
pesquisar
 
subscrever feeds
Verandah
Verandah